Marketing “Apaga Caneta”​

O universo do Marketing Digital é pródigo em inundar o mercado com febres e ondas que prometem aumentar os lucros facilmente e fazer os negócios crescerem exponencialmente. E quem não quer isso, não é mesmo?

Recentemente tivemos a febre do inbound ou “deusulivre sua empresa não ter um blog e uma landing page”. Depois a febre dos infoprodutos ou “como assim você ainda não está oferecendo um curso online e um ebook?”.

Pois agora somos agraciados com a mais nova febre da selva digital: o growth hacking. Simmmm, mais uma onda fresquinha e fumegante prometendo resultados incríveis. Aparentemente tudo tranquilo, mas o que há de errado por trás de tudo isso?

A lambança está em criar expectativas irreais e dimensionar mal o esforço que as equipes vão precisar dispender para que tais estratégias funcionem. É recorrente no mercado encontrarmos profissionais se lascando para rodar algo que foi vendido como “barbada”por algum guru digital. E o pior: tem muito gestor comprando essas ideias.

Gente, não existe estratégia indolor e instantânea. Se está sendo fácil implementar, provavelmente você não está fazendo direito. Ou pior, prometeram uma coisa, mas você e sua equipe estão fazendo outra. Você só não está percebendo isso. Ainda.

E aí vem a figura da borracha vermelha e azul que dá nome a esse artigo e que boa parcela da minha geração usava no colégio. A metade azul da borracha tinha fama de apagar caneta. Mas sabe o que ela fazia de verdade na maior parte do tempo? Na tentativa de apagar, ela acabava mesmo era rasgando o papel.

Pois é, tá cheio de estratégia “apaga caneta” por aí, bradando aos quatro ventos uma série de feitos, mas que na prática não entregam o que prometem. Culpa da onda ou da febre? Que nada, culpa sua que achou que seria fácil.

 

One Comment

  1. church - agosto 8, 2017 at 1:00 pm

    Very Inspirational, thanks!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go to Top